quinta-feira, 12 de julho de 2012

Solon e Design






"E se nos verem?" Eu disse com muito medo, "Não vão nos ver, vamos dizer que estavamos perseguindo um gato" Disse a Stéphanie bem feliz tacando o foda-se, "Cara, to com medo desse lugar, e se aparecer alguma coisa assustadora?" Falou Sandy encolhida atrás da Sté, "Melhor, eu digo que tava tirando foto de paisagem mórbida para um trabalho" Concluí com determinação enquanto atravessavamos aquelas várias poças de água, cercadas por esqueletos do que um dia foram carros, caminhões e vans: Estavamos em um cemitério.

Esse foi um trecho de uma das lindas aventuras que eu tive de manhã (ontem), proporcionada pelas minhas queridas amiguinhas Sandy e Sté, enquanto que deveriamos estar na aula de eletricidade.  O que me lembra que amanhã (hoje) vai ser o último dia que verei minha turma do curso de TI inteira (Ou quase, um viva para a preguiça de ir ao churrasco), final de semestre e não sei quantos vão continuar no próximo. Toda essa situação me faz lembrar sobre várias coisas engraçadas que aconteceram esse ano em um prédio escondido do lado dos galpões do DAER, chamado Solon Tavares.

Era começo de ano, e eu parecia um coelhinho saltitante e alegre. Havia dado o primeiro passo para realizar meus sonhos, cursar Design na Unisinos. Comecei no final de Fevereiro, e tudo parecia uma fantasia, tudo me fascinava e todos da faculdade adoravam meus desenhos, eu ficava extremamente sorridente com isso. Haviam oportunidades que eu ainda conseguia chegar no mercado público na volta da faculdade, e comia meu adorado Temaki Alaska. Assim se passou uma semana incrivelmente perfeita para quem já estava acostumada a se ferrar em tudo o que tentava fazer. Porém tinha um detalhe, o design na Unisinos custava o rin, fígado, pulmão direito e de quebra alguns metros de veias cardíacas. Impossível de bancar sem o FIES, para minha família. O final dessa história é óbvio, acabou não sobrando fundos do FIES para mim, e eu tive que parar na segunda semana, antes que tivesse que pagar a conta do mês. Entrei em desespero e chorei muito, quem já teve um sonho muito importante em mãos e perdeu sabe do que estou falando. Eu tive forças não sei de onde (provavelmente nosso amado Goku estendeu a mão para mim nesse momento tão difícil). Acabei me lembrando que havia me matriculado no Solon (Curso de TI, no meu caso), no ano anterior para esse. Corri atrás do telefone desesperada para saber se minha vaga ainda estava lá, para nossa minha alegria tudo estava OK. Desde então comecei a ser uma guerreira de TI ( UHSAUHSAUHSAUH -q). Conheci várias pessoas legais, continuei estudando com as emas da Calisa e Sté, que estão comigo desde o ensino fundamental e me tornei líder da turma por que mais ninguém quis. Eu aprendi o que era ter força nessa época, por conseguir ter me reerguido depois de um golpe tão cruel para mim e fazer o ano valer a pena. Sempre que acontecer algo ruim não nos devemos deixar abater, mas sim buscar o lado positivo e usar o vento ao nosso favor. Eu me divirto muito todas as manhãs e fico feliz por poder estar lá com as pessoas que eu gosto, fazendo algo que também me agrada tanto quanto o design. Não tem problema em ter falhado da primeira vez, eu fiz minha parte, passei no vestibular e batalhei. O sistema ruim desse país e da administração geral acabaram me derrubando, mas sempre terá um próximo ano. Um dia ainda ou não -q chegarei no blog e postarei minha (segunda) faixa de "Gabriele-Design Unisinos".

Bônus
Hoje foi o churrasco das turmas da manhã do Solon, pra encerrar o semestre, e quero compartilhar com vocês minhas duas LINDAS e SENSUAIS coleguinhas, não se afobem, meninos, tem para todos HUSUAHHUASUHSAUHSA -q


Nenhum comentário:

Postar um comentário